Exposição “De Mulheres para Mulheres” prestigia universo feminino

A mostra colectiva composta por mais de 20 obras de sete jovens artistas é realizada por ocasião do Dia Internacional da Mulher, 8 de Março. A mesma retrata várias paisagens do país e hábitos, e costumes do povo angolano

A exposição fotográfica intitulada “De Mulheres para Mulheres”, composta por mais de 20 obras de sete jovens artistas, está patente desde Segunda-feira, 2, na Galeria do Shopping Talatona, com o intento de prestigiar o universo feminino, por ocasião do Dia Internacional da Mulher, a assinalar-se a 8 de Março. As obras expostas nesta mostra, promovida pela UNITEL, através dos vários retratos Allícia Santos, Bella White, Djelsa Ariana, Laihla E. Évora, Lwiana Almeida, Niria Gomes e Selma Fernandes, demonstram várias paisagens do país e hábitos, e costumes do povo angolano, que ficará patente até ao final do mês em curso. Trata-se de jovens artistas, profissionais na área e detentoras de vários prémios, tendo representado o país em diversas exposições internacionais. A fotógrafa Niria Gomes, que traz nas suas fotos retratos do país, disse sentir- se atraída pelo que vê durantes as viagens. “A fotografia têm sido um hobby e por gostar de viajar pelo país, surgiu-me esta paixão de registar os recantos que interligam Angola”, deferiu.

A directora Geral Adjunta da UNITEL para os Assuntos Corporativos, Eunice de Carvalho, considerou que, através das obras expostas, é possível demonstrar o reconhecimento da mulher e a sua competência. “As artes, a cultura no geral, representam uma importância para as mulheres, de forma particular. Vemos hoje elas a conquistarem cada vez mais o seu espaço nas várias estruturas, expandindo a figura de apenas dona de casa para postos de trabalho e cargos relevantes”, disse.

Publico satisfeito

Durante a inauguração do trabalho, estiveram presentes diversas figuras do universo feminino ligadas à moda, cinema, desporto, gestão empresarial e a política, que, foram unanimes em reafirmar a coragem e determinação das mulheres. É o caso da jurista Ana Paula Godinho, observou a exposição como o manifestar de uma sensibilidade, típico da mulher. “Ao observarmos essas fotografias tiradas por mulheres, conseguimos ver em algumas delas beleza e a dimensão da arte. Olha que, numa fotografia tirada num espaço em destruição e ruína, a mulher conseguiu encontrar alguma beleza”. Por sua vez, a modelo internacional, Maria Borges, disse sentir- se honrada pelo convite, ao mesmo tempo considerou que a sua presença visou, igualmente, encorajar as mulheres. “Há muito que não passo esta data em Angola e esta exposição demostra- me a inspiração da mulher angolana”, aludiu.

Objectivo

Em cada uma destas iniciativas, a empresa angolana pretende fidelizar e enaltecer a relação com os seus clientes, em especial mulheres, num ambiente lúdico e informal, ao apoiar o trabalho criativo das mulheres e a sua luta para a construção de uma sociedade mais equitativa. Dos cerca de 3 mil e 300 colaboradores da colectividade, 37% são mulheres e constituem 40% dos gestores da empresa.

Outras actividades

O programa teve início a 2 de Março, com a inauguração da presente exposição. Prossegue no Domingo, 8, com a exibição da peça teatral “Elas Não Precisam de Homens” no Centro de Conferências de Belas e um Brunch Executivo no dia 21. O calendário encerra no dia 27 de Março, com espectáculo musical “Cantar Belita Palma e Lourdes Van-Dúnem” no Royal Plaza, com a assinatura da Nova Energia, adstrito ao projecto Show do Mês.

error: Content is protected !!