Empresários Israelitas querem investir na agricultura na Lunda-Sul

Além da agricultura, os empresários israelitas estão interessados em investir nos domínios da construção de habitações, e da produção de energia solar na província da Lunda-Sul, afirmou o embaixador de Israel, em Angola, Oren Rozenblat

O diplomata, que falava à imprensa, disse estar convicto de que Israel pode e vai contribuir no crescimento do país e da província da Lunda-Sul em particular, tendo reiterado que existem facilidades na mobilização dos empresários daquele país europeu, com vista a darem corpo aos projectos e programas previamente definidos pelo Executivo.

Sem revelar os em causa, afirmou que os investimentos de que se fala, sobretudo no ramo da energia, serão feitos por empresários israelitas, sem a comparticipação do governo angolano, ao qual competirá proceder ao pagamento do produto durante 25 anos. Durante três dias, Oren Rosenblat, que está a ser acompanhado pelo governador da Lunda- Sul, Daniel Neto, vai constatar o estado dos transportes na província, potencialidades agro-pecuárias da região, infra- estruturas habitacionais, sector da energia e água, central térmica do Txicumina e do Nhama.

Igualmente, visitará uma fazenda vocacionada à produção do ananás e tilápia, escola agrária e a zona de piscicultura da comuna do Mona Quimbundo, a empresa Sociedade Mineira de Catoca e a zona Larivier do Txicumina. O diplomata faz-se acompanhar com técnicos seniores da embaixada e empresários.

error: Content is protected !!