Editorial: Os alimentos da economia

Jornal OPaís edição 1768 de 06/03/2020

Apenas 10 por cento do potencial agrícola, industrial e turístico da província de Malanje é explorado, devido à falta de energia e de água da rede pública, declarou nesta Quinta-feira o governador provincial, Norberto dos Santos. Está tudo dito. dez por cento é praticamente a paralisação destas duas áreas económicas. Por outro lado, é também sabido que as áreas de serviços e industrial são residuais, tanto em Malanje, quanto no resto das províncias do país, com excepção de Luanda e Benguela. Estes números aterradores são o reconhecimento de uma espécie de derrota? Nem um pouco, devem ser vistos como a abertura de um mapa de oportunidades para inovar e também um espaço para o Governo central agir com mais clareza. Água e energia são os alimentos da economia.

error: Content is protected !!