Ideias e ideais

POR: João Rosa santos

No meu bairro, na minha Maxinde, em Malanje, entre ideias e ideais, pouco a pouco, passo a passo, está a renascer em nome da Província, um grande projecto de solidariedade desportiva, cultural e social. É a Obra Social da Maxinde que se reergue, são esperanças idosas que se renovam, é a malanjiniedade em movimento com Angola no coração. Embora ainda minguado e financeiramente limitado, o projecto de todos nós, naturais e amigos de Malanje, já tem pernas para andar, na plenitude do destino, em direcção à felicidade. Salvo raras excepções, todos reconhecem a pertinência da intenção, o resgate de uma organização que fez história no passado, resistiu as intempéries do presente e quer voltar a se afirmar no futuro. Sem kijila, nos próximos dias, os seus novos corpos directivos serão de conhecimento público, o seu Regulamento e Programa partilhado por todos, com metas e objectivos claros, a curto, médio e longo-prazo. Surpresa? Nenhuma. São alguns fi lhos e amigos da terra da palanca negra gigante que resolveram arregaçar as mangas, tirar um pouco do seu tempo, resgatar a mística gloriosa da Obra Social da Maxinde onde o futebol, andebol, basquetebol, artes e ofícios, cultura e consciência nacionalista foram escola. Desde o seu passado, por mais que se tenha tentado ignorar, a realidade é visível, as árvores plantadas deram frutos suculentos, nacional e internacionalmente reconhecidos hoje matriz, com uma ou algumas madeixas que, por certo, muito irão contribuir para dar mais alegria e nova vida a região. Decerto, o que se almeja, não é vender banha de cobra, muito menos consumir energias em promessas de maus pagadores. A Obra Social da Maxinde, augura conquistar e fazer seu espaço, um território de refl exão e acção filantrópica pelo bem-estar e dignidade humana. As bases estão estabelecidas, sem assobiar alto para o além ou baixo para o aquém, porque todos são úteis e necessários, somente juntos é possível dar corpo e alma a tão brilhante e modesto propósito. O tempo é agora, é hora de abraçar o projecto, com pequenas ideias e grandes ideais, porque somente juntos somos capazes de fazer mais e melhor. O tempo é agora! em Angola independente. Entre ideias e ideais novos, o projecto renasce assente na velha

error: Content is protected !!