Projecto Integrado de desenvolvimento da baía de Moçâmedes impulsionará economia do Namibe

O Presidente da República, João Lourenço, aprovou, recentemente, através do despacho Presidencial Nº 163/19 de 27 de Setembro, um valor para o financiamento do arranque do Projecto Integrado de desenvolvimento da Baía do Namibe numa cifra de USd 100 milhões

POR: João Katombela, enviado ao Namibe

A execução deste projecto de iniciativa presidencial está a ser assegurada financeiramente pelo Development Bank of Southern Africa, através de um contrato assinado entre este entidade bancaria da África do Sul e o Ministério das Finanças no âmbito da delegação de competências. Sem adiantar o valor, nem a empresa encarregue para a realização das obras, o governador provincial do Namibe, informou que já foi feito o pagamento inicial (down payment) da empreitada, bem como a realização de estudos de viabilidade para o arranque das obras, que serão executadas em três anos.

Archer Mangueira assegurou que todo o processo de financiamento para a sua materialização já está concluído, tendo dito que tão logo haja aval do Ministério dos Transportes será lançada a primeira pedra. “A informação que eu tenho, é que a componente de financiamento e era a que faltava já está ultrapassada, estamos à espera que o ministro dos Transportes comunique sobre a data do lançamento do projecto, mas o arranque das obras estava previsto para o mês passado, mas creio que dentro de dias será lançada a primeira pedra”, assegurou. Para o governante, a execução e conclusão do Projecto Integrado de Desenvolvimento na Baía do Namibe, localizada na cidade de Moçâmedes, capital da província, vai alavancar a economia local e nacional.

“É um projecto muito estruturante para o desenvolvimento da província”, reconheceu.O Projecto Integrado de Requalificação da Baia do Namibe, compreende ainda a recuperação e construção de algumas infra-estruturas portuárias na cidade de Moçâmedes. Entre estes equipamentos, constam a expansão do novo terminal de contentores do porto comercial, a construção de 288 metros de cais e ainda a recuperação da ponte cais para a exploração de minério do Sacomar. Vão, igualmente, nesta empreitada ser executados, no porto mineiro do Sacomar, trabalhos marítimos, construção de nova ponte cais e suas infra-estruturas, área on shore e outros edifícios

error: Content is protected !!