CEAST defende que se priorizem projectos que fomentem emprego

A Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) anunciou, ontem, em Luanda, que o nível de vida das populações continua a degradar-se com o crescimento do desemprego e a consequente perda do poder de compra, havendo necessidade de se priorizar projectos que fomentem o emprego. Os bispos católicos dizem, no comunicado de imprensa do encerramento da I Assembleia Plenária enviado a OPAÍS, que os níveis de saneamento básico continuam a degradar-se nas grandes cidades e o número de mortes por malária continua a ser alarmante.

“Há necessidade de um esforço aglutinado entre as diversas forças da Nação para se inverter o quadro”. Em relação ao VIH, afirmam que continua a subir e as campanhas de prevenção são muito limitadas, pelo que há necessidade de mobilizar meios, tanto a nível da comunicação social como de serviços de saúde para campanhas efectivas de prevenção, diagnóstico e tratamento. Por outro lado, incentivaram os fiéis a rezarem e a participarem, com entusiasmo, nos grandes acontecimentos nacionais e internacionais da Igreja, que terão lugar ao longo deste ano.

“Em relação à epidemia do Coronavírus, o Covid-19, apoiam as medidas de prevenção que o Governo assumiu e encorajam o povo a colaborar no seu cumprimento, seguindo as indicações das autoridades sanitárias do país”. Voltando aos fiéis católicos, incentivaram as dioceses a organizarem melhor os serviços de atendimento espiritual nas cadeias e nos hospitais. Manifestaram ainda que sentiram a urgência da criação nas dioceses da pastoral de atendimento espiritual às cadeias e aos hospitais.

error: Content is protected !!