Editorial: E qual é a marca?

Jornal OPaís edição 1772 de 10/03/2020

Uma vez mais, criou-se uma polémica absolutamente desnecessária, dispensável, tivesse-se feito aquilo que se apregoa às vezes com demasiada atitude e voluntarismo, algo de que as pessoas sempre desconfi am. O esforço para se parecer, de facto, nem sempre acompanha o de ser. Agora é a logomarca do Governo de Angola, apresentada por personalidades de alto nível e que passadas algumas horas era já objecto de chacota e piadas nas redes sociais. Com razão. A marca é demasiado semelhante a outras pré-existentes.

E este facto, se assumido, deveria ter sido explicado na apresentação, ao invés de se pretender “vender” originalidade. Com estas falhas, que se somam a muitas outras, naturais (mas esta não, pela seriedade que requere), o risco é que se enraíze a marca da má comunicação em Angola, também natural quando o parecer nada tem a ver com o ser.

error: Content is protected !!