Defesa de Gaudens acusa minfin e BNA de sonegarem documentos ao Tribunal

Defesa de Gaudens acusa minfin e BNA de sonegarem documentos ao Tribunal

O causídico explicou que no referido dossier não consta o acordo de consenso celebrado entre as partes, no caso o Estado angolano, representado pelo escritório de advogados da Norton Rose Fulbright, e o consórcio Mais Financial Service & Resource Partnership, representada . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta