Carta do leitor: Mais atenção ao Zango por favor

POR: Duvale A. Vaykeny

Director do jornal OPAÍS, saudações e obrigado pela oportunidade neste espaço muito lido e aproveitado pelos cidadãos… Sou morador do Zango II, município de Viana, província de Luanda, há mais de sete anos e os problemas são sempre os mesmos. Falta de água, transportes públicos, criminalidade e lixo em muitos pontos e a falta de iluminação pública na via que liga os Zango II, III e IV. A Rádio Luanda fez uma radiografia à nova centralidade. Foi bom. Gostei. Penso que a mesma devia estender-se às outras áreas do Zango. Meus senhores, não é pedir muito. O Zango tem muita população e os transportes públicos são inversamente proporcionais, sobretudo de manhã e no final do dia. Os taxistas, uma franja da sociedade que muito ajuda, abusam dos passageiros com linhas curtas nas barbas da Polícia Económica ou quem quer que seja. Por isso, as autoridades devem saber que a população do Zango cresceu, logo, é importante acompanhar com outros serviços.E mais, nas casas de chapas pode-se encontrar tudo e mais alguma coisa. Bandidagem. Drogas e prostituição. As autoridades não devem ficar “à Leste” destes fenómenos. À noite, os meliantes atacam os cidadãos e recebem os pertences, por isso, a Polícia Nacional deve ser mais actuante no Zango. A situação não está boa. Não falar é fingir que está tudo bem no Zango, quando na realidade é tudo treta. O Zango só “cuia” quando tem actividade do partido MPLA, segundo os moradores. Até quando?

error: Content is protected !!