Coronavírus força TAAG a suspender voos ao Porto

A companhia aérea nacional taag anunciou ontem, em Luanda, que vai suspender temporariamente os voos com destino a cidade do Porto, em Portugal, a partir da próxima Segundafeira, dia 16.

Num comunicado de imprensa enviado a nossa redacção, a TAAG esclarece que a medida se deve ao facto de se ter constado um aumento de contágio do Coronavírus na região Norte daquele país europeu. Neste contexto, orienta os passageiros com bilhetes adquiridos de e para o Porto a contactarem as suas lojas, o call center e os agentes de viagem, mas não especifica se fará a devolução dos valores ou se criou alguma alternativa. Garante, por fim, que “os restantes voos não ficam afectados por esta medida de precaução e que as operações aéreas decorrem sem sobressaltos”.

De realçar que desde o dia 3 do corrente mês estão proibidas de entrar no país todas as pessoas vindas da China, Coreia do Sul, Irão e Itália. Inicialmente faziam parte dessa lista também os cidadãos provenientes da Nigéria, Egipto e Argélia, mas acabaram por excluídos. A decisão da ministra da Saúde, Silvia Lutukuta, consta num decreto assinado a 28 de Fevereiro. O Governo justifica que a medida visa atender a “necessidade da prevenção da expansão da epidemia em Angola”.

Enquanto durar a epidemia do Covid-19, além da proibição da entrada de pessoas daqueles países, o Governo determina a todas as companhias transportadoras que devem comunicar previamente os viajantes provenientes deste país. Por outro lado, adverte que as empresas que violarem a norma serão responsabilizadas pelo repatriamento imediato dos referidos viajantes, assumindo os encargos inerentes. O país não registou qualquer caso da doença e tem monitorado alguns passageiros em regime de quarentena nos centros preparados para o efeito, na Barra do Cuanza e Calumbo.

error: Content is protected !!