Podologia Desportiva

A podologia desportiva procura compreender e caracterizar a morfologia do pé. O seu comportamento em estática e dinâmica, bem como a relação com as estruturas de todo o organismo humano podem prevenir o aparecimento de lesões e aumentar o rendimento do desportista. Diferente das diversas especialidades da medicina, dada a complexidade do corpo humano e da necessidade de se conhecer cada uma das estruturas e sistemas corporais, a podologia não pode tratar os pés com uma visão limitante à especialização. De modo geral, a podologia tem seu conceito de actividade que norteia, ou melhor, nos guia, para a melhor prática profissional sendo um ramo auxiliar da medicina.

Tem sua atuação voltada para os pés, através de estudo aprofundado da anatomia, fisiologia e podopatias. Desenvolve o conhecimento biomecânico do tornozelo e dos pés, a fim de compreender a marcha e os problemas que a dificultam, podendo desta forma optar pelo melhor tratamento dentro de uma visão ampla multidisciplinar. Com o aumento da expectativa de vida, a prática da actividade física e desportiva é hoje uma das principais preocupações da sociedade para a prevenção e auxílio no tratamento de diversas doenças. “Quando utilizamos o desporto e o exercício físico, associados às práticas de cuidados como a podologia, reduzimos os riscos e melhoramos a qualidade de vida, ou seja, as pessoas vão se beneficiar do exercício para controlar o diabetes, o colesterol, diversos problemas pulmonares, osteoporose, obesidade, hipertensão, entre outros”E é nesse contexto que utilizamos a Podologia Desportiva.

É ela que estuda, previne e trata as principais doenças que acometem os pés de desportistas em todas as suas esferas. Em busca de saúde e bem-estar para os pés, a podologia desportiva visa aliviar os atritos ocorridos durante os treinos e competições dos atletas de todas as categorias.Podemos dizer que o acompanhamento de um podólogo é indispensável para qualquer atleta, já que esta supervisão pode evitar ou tratar lesões como calos, deslocamento ou perda de unhas, entre outros. Cada modalidade desportiva apresenta suas necessidades específicas de acordo com a actividade desenvolvida. No Brasil, as modalidades desportivas que mais utilizam a podologia desportiva são futebol e corrida. A actuação do profissional costuma ser junto da equipa técnica e médica, auxiliando nas avaliações da pisada, realizando testes específicos de Podologia Desportiva, como a baropodometria computadorizada, avaliação da distribuição das pressões plantares, detectando patologias mecânicas e doenças que afectam os pés e suas repercussões com todos os sistemas corpóreos.

Actua também realizando a podoprofilaxia, avaliando os calçados quanto aos danos que os mesmos podem causar ao atleta, indicando ou acompanhando o uso de palmilhas confeccionadas sob medida e de acordo com as necessidades detectadas através dos testes biomecânicos e posturais específicos. Hoje, apesar de pouco explorado, o espaço conquistado pela Podologia é cada vez maior em todas as áreas da actividade humana, com actuações que vão da pediatria e do desporto, até geriatria. Com o reconhecimento e o registro da actividade profissional por parte dos ministérios de Educação e do Trabalho, a meta agora é melhorar a estrutura para que a profissão seja regulamentada.O mercado cresce e certamente absorverá o profissional que melhor preparado estiver, aquele que busca conhecimento constante. Como dizem alguns textos judaicos:“O milagre não prova o impossível; serve, apenas, como confirmação do que é possível”.

error: Content is protected !!