Município da Matala passa a produzir arroz em grande escala

depois de um investimento privado chines, o município da Matala passa a constar entre as regiões do país com produção considerável de arroz, de no país

Mais de 500 toneladas de arroz foram colhidas na semana finda na fazenda agrícola “Leijun-ca” no perímetro irrigado da Matala, província da Huíla, disse Xu Liang, empresário chines e responsável pelo projecto localizado num município potencialmente agrícola.

O empresário disse que “este ano houve um aumento de 200 toneladas de arroz em relação ao ano passado, um passo importante para aquilo que são os objectivos do investimento, que consiste no aumento de ano após ano”, enfatizou.

Assegurou que “o arroz tem qualidade, já decorre o processo de descasque e a comercialização da produção”, acrescentando que o saco de 25 kg está a custar 12 mil kwanzas”. Xu Liang disse que para além do cultivo de arroz, o projecto também está a apostar no cultivo de feijão em 15 hectares, batata em 20 hectares, numa perspetiva de diversificar a produção e satisfazer as necessidades alimentares da região e do país de forma geral.

Xu Liang, fez saber, que o projecto ocupa uma área de 500 hectares e destina-se a produzir arroz, milho, batata-rena e cebola, e, entretanto, a falta de energia da rede e o roubo da produção são os principais problemas que os agricultores enfrentam. O projecto foi implementado em 2016 e espera atingir as três mil toneladas de arroz/ano em 2022.

Produção de arroz em Angola

As províncias das Lundas Norte e Sul, Uíge, Huambo, Moxico, Cuando Cubango e Bié são as principais referências em termos de produção de arroz no país. O principal problema consiste na falta de máquinas para o descasque e na incapacidade de escoamento do produto para os maiores mercados de consumo. A Fazenda Longa, no Cuando Cubango, é das maiores em Angola com vocação para produzir arroz, ao passo que no Bié o município de Camacupa é dos maiores produtores do grão. Entretanto, as importações ainda continuam a dominar o consumo.

error: Content is protected !!