Petro prepara ida ao Moxico envolto em muitas cautelas

A formação do Catetão desloca-se amanhã à cidade do luena, onde vai medir forças com o Bravos do Maquis, na abertura da 25ª jornada do girabola 2019/2020, às 15:00. o embate opõe o líder ao terceiro classifi cado

O Petro de Luanda prepara o jogo da 25ª jornada do Girabola 2019/2020 envolto em muitas cautelas. O emblema tricolor, que partilha a liderança da prova com o 1º de Agosto, joga amanhã frente ao Bravos do Maquis do Moxico. Num terreno difícil, a formação petrolífera só tem uma alternativa: vencer, para manter a sua posição no topo da tabela classifi cativa. Aliás, o rival de longa data descansa nesta ronda por força da desclassifi cação do 1º de Maio de Benguela da prova. Por isso, o Petro tem não deve perder pontos nesta deslocação à cidade do Luena, no Estádio Mundundulenu.

O técnico da formação do Catetão, Toni Cosano, adianta que não será uma partida fácil fora de portas. Deste modo, os trabalhos decorrem com algumas limitações, por isso, vão escalar mais cedo o palco da competição. O médio Herenilson e o avançado Yano estão em dúvidas para o jogo de amanhã, por lesão, na cidade do Luena.

O Maquis, que ocupa a terceira posição, quer regressar às vitórias, uma vez que perdeu com 1º de Agosto no Campeonato Nacional e na Taça de Angola. Em casa, tudo fará em campo para mandar no jogo, aliás, vai aproveitar a crise de ansiedade que assola o onze petrolífero. A equipa do Luena perdeu nas suas duas partidas em Luanda, porém avisou que vai criar sérias dificuldades ao adversário amanhã.

error: Content is protected !!