Forças Armadas e Polícia Nacional com formaturas reduzidas nos quartéis

Devido às especificidades e a natureza do seu trabalho, as Forças Armadas Angolanas (FAA) e a Polícia Nacional (PN) vão continuar a observar as medidas de prevenção, mas com algumas restrições no que concerne às formaturas e paradas

Uma fonte militar do Estado Maior do Exército confidenciou a este jornal que, a partir desse Sábado, 21, as paradas militares deverão ser formadas por 30 efectivos, que correspondem a um pelotão, em vez de formarem em companhias, com cerca de 120 pessoas, como tem sido norma. A medida, segundo a fonte, é para prevenir de eventuais males maiores, apesar de o país ainda não registar até ao momento um único caso de Coronavírus.

A mesma medida será extensiva a todas as unidades e subunidades das três regiões militares, em cumprimento das medidas de prevenção do Coronavírus. A fonte deste jornal avançou que os comandos reginais já foram informados para esse fim, de cumprimento obrigatório, em obediência ao Decreto Presidencial. A medida será também extensiva aos vários centros de instrução militar espalhados por todas as regiões e escolas de formação de soldados, sargentos, oficiais subalternos e superiores. Será também aplicada no seio da Polícia Nacional, incluindo nas unidades penitenciárias, onde se estima haver aglomeração excessiva de reclusos nas horas da formatura e de refeições, com realce para as comarcas (de Luanda, Viana, e Caquila), sendo as maiores do país.

Dados avançados pelos Serviços Penitenciários do Ministério do Interior (MININT) indicam que no país existam cerca de 23 mil reclusos, tendo a província de Luanda a maior população penal. A nível das Forças Armadas Angolanas, de acordo com a fonte, caso a situação prevaleça depois dos 15 dias determinados pelo Executivo, poderão ser tomadas medidas que consistirão na interrupção dos cursos nos centros de instrução e nas academias. Informou que, presentemente, estão em formação vários cadetes e militares em distintos centros das regiões Norte, Centro, Leste e Sul do país, na infantaria, marinha, e força aérea.

leave a reply