Transportação de madeira suspensa por tempo indeterminado no Cuando Cuabango

O Governo do Cuando Cubango suspendeu, por tempo indeterminado, a transportação de madeira em toda a extensão da província, para impedir que esse material saía sem passar pelo Entreposto criado para o efeito

A medida surge na sequência de encontros de concertação mantidos entre o governador do Cuando Cubango, Júlio Bessa, e representantes da Associação Nacional dos Madeireiros de Angola (ANIMA). Para escapar das autoridades, os transportadores de madeira na região têm estado a optar por estradas clandestinas (picadas) e pela transportação no período nocturno. Num despacho a que a Angop teve acesso ontem, o Governo do Cuando Cubango confirma que, nas últimas semanas, se verificou “uma intensa movimentação nas estradas e picadas intermunicipais, sobretudo, no período nocturno”.

Em caso de violação da suspensão, prossegue o documento, o Governo orienta os órgãos policiais e afins a encaminharem a mercadoria para o Entreposto para aferição oportuna da Comissão Multissectorial existente. Em Novembro de 2019, o Governo do Cuando Cubango já havia interditado a exploração de madeira, devido ao estado caótico e de descontrolo desta actividade na região.

error: Content is protected !!