Carta do leitor: É o vírus que é o inimigo, não as pessoas afetadas

Carta do leitor: É o vírus que é o inimigo, não as pessoas afetadas

Caros meus amigos angolanos, Sou chinês, doutorado em inglês e agora ensino mandarim num país de língua portuguesa. É assim que os meus amigos costumam gozar comigo. Sou o diretor do Instituto Confúcio da Universidade Agostinho Neto, um instituto que ensina mandarim a estudantes angolanos, de . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta