Editorial: Angola é de todos

A Agora vai ser assim, tem de ser assim, tem de haver um boletim diário sobre a evolução da pandemia em Angola. Esperemos que seja sobre a estagnação. Ontem, o Governo manteve “estável” o número de afectados, mas disse também estarem a decorrer mais exames, ou seja, há mais suspeitos. Continuará a haver suspeitos.

O Governo tem de comunicar, tem de actualizar os dados, tem de continuar a apelar e a educar as pessoas para a adopção de comportamentos adequados. E tem de ir corrigindo os eventuais erros, humildemente, mas deve comunicar, aceitando as críticas com democracia, Angola é de todos.

E tem, não é deve, tem de solicitar e aceitar a ajuda de todos. Agora pode haver solidariedade, mas mais tarde virá a hora daquela conversa…

error: Content is protected !!