Criminalidade em Benguela com taxa de variação de 14,3% nas últimas duas semanas

Nas últimas duas semanas houve aumento, seguido de decréscimo, no número de crimes registados pelas autoridades policiais em Benguela, atingindo-se uma taxa de variação de 14,3%. nesse período foram denunciados 3 homicídios voluntários e três violações, sendo uma das vítimas uma criança de somente 4 anos de idade

No total, foram assinalados 169 crimes em 15 dias, havendo registo de actividade criminal nos 10 municípios da província de Benguela, com a capital a liderar o ranking, dando morada a 52,7% das ocorrências. Como resultado desses actos, a Polícia Nacional em Benguela deteve 85 indivíduos. Porém, dentre três violações sexuais denunciadas, o jovem agressor de 14 anos que violou a criança de apenas 4 anos, pôs-se em fuga.

Já Valeriano Bongue, indivíduo de 19 anos que, na Ganda, violou uma adolescente de 17 anos, foi capturado e apresentado à justiça. E, os demais crimes deste tipo sucederam na Baía Farta e Lobito. No campo das mortes registadas, 3 deveram-se a homicídios, 18 cadáveres foram removidos pela Polícia na costa marítima, em lagoas, em residências e na via pública, tendo os acidentes rodoviários somado 6 mortos.

Roubos e furtos permanecem em alta

Apesar dos crimes violentos que continuam a ter lugar na província de Benguela, em duas semanas assinalaram-se 113 crimes contra propriedade, constituindo a maioria absoluta do total de 169 transgressões, ou seja, 66,8%.

Assim, no intervalo de tempo em análise, segundo os balanços provinciais da Polícia Nacional em Benguela, foram infringidos 36 crimes contra pessoas e 10 contra a ordem e tranquilidade públicas, havendo também 10 crimes económicos.

Com 70 acções criminosas registadas, em Benguela, na via pública, a seguir às residências, 74 crimes, tende a ser o segundo espaço “mais propício” para os marginais actuarem. Para o combate à criminalidade, a população benguelense tem desempenhado um papel fundamental. A Polícia Nacional nessa província espera que esse acto de cidadania não se desvaneça pois, os populares denunciaram 88,5% dos crimes retratados.

error: Content is protected !!