EDITORIAL: A corrida

Está desenfreada a corrida aos produtos alimentares e industriais de limpeza. Está também louca a busca por produtos farmacêuticos de higienização pessoal. Mas o problema maior nem é a procura, é a escassez, é um país que produz muito pouco e que agora também não tem dinheiro para importar.

Há ruptura de quase tudo nas lojas, mas isso não significa que se tenham esgotado todas as reservas. Porém, a incerteza gera medo. É hora também de as autoridades comunicarem de forma mais acertada sobre o comércio, dizer apenas que se vai punir os especuladores não basta.

E é hora até de aconselhar o que se deve reservar em casa. nestes dias de pandemia, tudo o que for pedagógico deve ser usado, é preciso fazer para que as pessoas não percam a cebeça.

error: Content is protected !!