Walter Costa preocupado com a paragem das actividades desportivas

O técnico da equipa sénior masculina de basquetebol do 1º de Agosto, Walter Costa, adiantou que a paralisação das actividades desportivas no país, devido ao Covid-19, vai prejudicar os clubes. Walter Costa, que concordou com a medida, adiantou que os clubes serão obrigados a rever a programação. Com isto, a época fica muito aquém do se esperava, porque muitas coisas vão cair por terra nesta hora em que à pandemia vai fazendo vítimas no mundo.

“Vai ser difícil programar a época, porque, esta paragem surge num momento em que as equipas já se preparavam para o momento mais alto”, frisou o técnico. No Campeonato Nacional, o 1º de Agosto ocupa a segunda posição com quarenta e quatro pontos, ao passo que o seu rival de longa data, o Petro de Luanda, lidera a prova com quarenta e nove pontos. Na quarta jornada da quarta volta do Campeonato Nacional, os petrolíferos vergaram os militares no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.

Nessa noite, os tricolores bateram o rival de longa data por 99-94, numa partida renhida do primeiro ao último minuto. Com esta paragem de quinze dias, os atletas e treinadores vão ficar com a família à luz dos cuidados impostos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e dos governos.

Taça de Angola

As meias-finais da Taça de Angola, prova que envolve o Interclube e o 1º de Agosto, bem como o Petro de Luanda e a Universidade Lusíada, também foi adiada sem data. Por esta razão, a Federação Angolana de Basquetebol (FAB) apela aos amantes da modalidade a terem paciência, porque o mundo está a viver um momento delicado com a pandemia do Covid-19 que, aliás, já fez várias vítimas mortais.

error: Content is protected !!