Editorial: Não há vírus público

Jornal OPaís edição 1788 de 26/03/2020

Dizem os entendidos que para um caso como o da pandemia Covid-19 a informação e a colaboração são as armas mais eficazes. Dizem, o problema está em quem os ouve. em Angola, por exemplo, onde quase ninguém é demitido por fazer “lixo grosso”, não há ouvidos para isso.

Alguém decidiu que Angola tem dois tipos do novo Coronavírus, um público e outro privado para efeitos de comunicação social. e assim a informação é passada com prioridade aos órgãos públicos de comunicação social. Ou seja, o estado está a mostrar a sua aversão a uma imprensa livre e plural.

Num caso com a gravidade desta pandemia, tudo o que se exige é seriedade e patriotismo, o que ontem ficou provado, uma vez mais, não existir em alguns agentes do estado.

error: Content is protected !!