O editorial:Indiferença ao perigo

Jornal OPaís edição 1794 de 01/04/2020

Os angolanos vão precisar de mais algum tempo para observarem as medidas de contenção impostas pelo estado de emergência decretado no país. Não adianta entrar em desespero, o que é preciso é acertar na mensagem, na forma de a passar. Alguma coisa está a falhar para que tanta gente pareça indiferente ao perigo de contaminação pelo novo Coronavírus, aliás, os angolanos não estão a inventar nada, a Itália teve o mesmo comportamento, tal como Portugal ou a Espanha. Há que analisar onde está o problema, que parte da sociedade deve ser activada primeiro para que outros lhe sigam o exemplo. Os sociólogos e os psicólogos de todo o mundo devem buscar respostas e explicá-las, se na sucessão de crises, se na crença em soluções tecnológicas imediatas, se na descrença nas lideranças dos países, ou se haverá outras razões. O perigo existe, é real, comunica-lo bem pode salvar vidas.

error: Content is protected !!