Vítimas mortais do coronavírus descansam no Santa Ana

Foram a enterrar, ontem, as duas vítimas do Coronavírus no nosso país, no campo santo de Santa Ana, em Luanda. O funeral teve três pessoas numa família e cinco noutra família, em obediência às normas de segurança sanitária

Por:Romão Brandão

De um total de sete casos positivos registados em Angola, dois resultaram em mortes, confi rmadas no dia 29 de Março pelo Ministério da Saúde. Os dois cidadãos, do sexo masculino, de 59 e 37 anos, que perderam a vida na Clínica Girassol, chegaram no país nos dias 12 e 13 do mês em curso. Os dois cidadãos foram a enterrar ontem, no cemitério de Santa Ana, tendo a Polícia Nacional garantido a segurança dos funerais para que não houvesse aglomerados de pessoas. Segundo Waldemar José, director do Gabinete de Comunicação e Imagem do Ministério do Interior, que falava ontem na conferência de balanço sobre o Covid- 19, uma das famílias teve a presença de três pessoas e outra de cinco pessoas apenas.

Familiares deram o último adeus às duas vítimas de Covid- 19 até ao momento registadas em Angola, sendo que o cidadão de 59 anos, que tinha a residência habitual em Portugal, chegou ao país no dia 12 do mês em curso e esteve internado na Clínica Girassol, com um quadro que evoluiu rapidamente. O cidadão de 59 anos apresentava manifestações clínicas mais frequentes da infecção por Covid-19, como insufi ciência respiratória, para além doutras patologias associadas com a diabetes e hipertensão arterial, o que o colocou numa situação de risco. Já o outro cidadão, um jovem de 37 anos, que residia em Luanda e chegou ao país no dia 13 de Março, esteve internado mais de uma semana.

leave a reply