Carta do leitor:Gestos pequenos para grandes obras

Caro director, Cada um pode fazer alguma coisa para travar o Coronavírus. Eu tenho visto pequenas acções que podem ajudar as pessoas perceber o perigo e que também ajudam para a mudança de comportamento. Por exemplo, às portas das cantinas, não todas, mas muitas delas, os proprietários colocaram bidons com torneira e sabão para que os clientes lavem as mãos antes de entrarem. Alguns têm uma mistura com lixívia. Lá dentro, também há comerciantes que não aceitam mais do que dois clientes ao mesmo tempo. Acho que é com estes agentes que lidam com o povo a todo o momento que se deve contar para passar a mensagem. Os administradores de mercados também deveriam ser obrigados a disponibilizar este pequeno serviço de lavagem das mãos para que todas as pessoas usem. Os populares perceberiam que há algo de diferente nas suas vidas e perceberiam melhor o perigo e que têm de mudar de comportamento. Daí a fi car em casa o caminho da sensibilização fica mais curto. É fazendo coisas pequenas que se ergue grandes obras.

João Mateus Mfinda

error: Content is protected !!