Pandemia ultrapassa barreira de um milhão de infectados e 50.000 mortos

A pandemia de covid-19 ultrapassou hoje (3) a barreira de um milhão de infectados e de 50.000 mortos em todo o mundo, desde Dezembro, segundo o último balanço da agência France-Presse, a partir de dados oficiais.

De acordo com dados recolhidos pela agência noticiosa francesa AFP junto das autoridades oficiais dos países, já existem 1.000.036 casos de infecção, incluindo 51.718 mortes, em 188 países e territórios, principalmente nos Estados Unidos (234.462 casos, incluindo 5.607 mortes), onde a pandemia está actualmente a progredir mais rapidamente. Itália é o país mais atingido em número de mortes, com 13.915, para 115.242 casos, segue-se a Espanha (110.238 casos, dos quais 10.003 óbitos) e a China, berço da pandemia em Dezembro passado, (81.589 casos, dos quais 3.318 mortes).

A AFP avisa, contudo, que o número de casos diagnosticados reflecte actualmente apenas uma fracção do número real de infecções, com um grande número de países a testar apenas casos graves e com hospitalização.

DN

error: Content is protected !!