Distribuídos gratuitamente mais de um milhão e meio de litros de água

No âmbito do Plano de Contingência do Ministério da Energia e Águas, por causa do estado de emergência, a EPAL-EP e seus parceiros distribuíram, de forma gratuita, um total de 1.742 mil litros de água a 72 locais

O pano de contingência que está a ser implementado no sentido de evitar os riscos de contágio do Covid-19, segundo o balanço apresentado ontem, dá conta da distribuição, de forma gratuita, de um total de 1.742 mil litros de água a 72 locais, na cidade capital.

Entre os locais contam o município de Viana, que recebeu 410.000 litros, de Cacuaco 80.000 litros, de Belas 200.000 litros, do Kilamba Kiaxi 130.000 litros, Luanda 532.000 litros, de Icolo e Bengo 250.000 litros, Quiçama 40.000 litros e Cazenga 100.000 litros de água.

O Ministério da Energia e Águas (MINEA) iniciou a executar este plano no dia 28 de Março, tendo em carteira a campanha de distribuição de água potável por camiões-cisterna que conta com apoio de empresas privadas, singulares e associação dos camionistas distribuidores de águas.

Esta campanha de distribuição de água gratuita conta com 67 camiões-cisterna das empresas privadas, Multiparques (CLT), OEC ( Odebrecht , Engenharia e Construção), Sinohydro, CTCE, CGGC, Transportes PC, AJS, Elisal, Canunoca, Omatapalo, Arlindo Correia, MCA, das Administrações municipais e com apoio logístico da Sonangalp.

O plano visa manter a operacionalidade dos sistemas de abastecimento de água, com a reparação célere das avarias, e reforçar as equipas e os meios de intervenção, com eventual incorporação de empreiteiras, se necessário. Vai-se expandir os pontos de abastecimento de água, sem comprometer a regularidade na rede canalizada.

leave a reply