Editorial: mandem o sic ponham-nos na cadeia

Jornal OPaís edição 1802 de 09/04/2020

Qualquer detective de esquina, seguramente, resolveria este grande “problema” apresentado ontem, pela ministra da Saúde, que é a impossibilidade de localizar as pessoas que chegaram do estrangeiro, assinaram o compromisso de cumprir a quarentena domiciliar o obrigatória, mas deixaram endereços ou números de telefone errados. São criminosos.

Isto é tarefa para o SIC, que a resolve em dois dias, a não ser que não haja assim tanta “vontade” de os encontrar. Poder-se-ia começar pelos dados deixados na compra das passagens, depois os registos nos ficheiros de passaportes e do BI. O resto o SIC sabe, até porque consegue apanhar criminosos pobres nos bairros sem nome oficial, sem arruamentos e com casas sem número. Estes criminosos viajantes são “pêra-doce”.

Se algum destes bandidos estiver infectado, ainda que assintomático, pode estar a espalhar a doença. O Estado já deveria ter lançado um alerta, divulgado os seus nomes e criado uma brigada de “caça”. E de pensar que andam por aí há quinze dias…

leave a reply