EUA inicia 1º teste de medicamento japonês contra covid-19

Três hospitais no Estado americano de Massachusetts receberam permissão para realizar os primeiros ensaios clínicos do medicamento japonês Avigan, que pode ser usado para tratar a COVID-19, noticiou a imprensa. No final de Março, foi relatado que o Japão começou os ensaios clínicos de Avigan, também conhecido como Favipiravir e Favilavir, como tratamento promissor para a pneumonia causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o jornal Boston Globe, citando fontes do meio médico, a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos da América (FDA) deu na Terça-feira (7) permissão para testar uma pequena quantidade do medicamento. A agência de notícias japonesa Kyodo, com referências a fontes médicas, relatou anteriormente que o Japão tem agora uma reserva de Avigan suficiente para curar a gripe em 2 milhões de pessoas e para tratar a pneumonia causada pelo coronavírus em 700 mil pessoas.

Pedidos de fornecimento

O porta-voz do governo japonês, Yoshihide Suga, informou anteriormente que considera o fornecimento gratuito do medicamento a outros países para tratar pacientes com pneumonia, dizendo que “pedidos semelhantes foram recebidos de 30 países através dos canais diplomáticos”.

O medicamento foi desenvolvido para o tratamento da gripe há seis anos pela companhia farmacêutica Toyama Chemical. No entanto, após terem sido identificados efeitos adversos para grávidas em ensaios posteriores em animais, o remédio foi colocado na lista de medicamentos que podem ser usados por ordem especial do governo se todos os outros não estiverem a surtir efeito.

Foi quando médicos chineses descobriram que o remédio é eficaz no tratamento da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus.

error: Content is protected !!