Técnicos de basquetebol apreensivos com a paragem do Campeonato

A paralisação do Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol, devido à Covid-19, continua a preocupar os treinadores. A forma desportiva dos atletas, apesar de estarem a treinar em casa, não traduz o que os técnicos e preparadores físicos têm na planificação. Por isso, o técnico da Lusíada, Manuel Silva “Gi”, adiantou que os trabalhos estão condicionados, mas os jogadores continuam a cumprir as medidas de combate e prevenção da pandemia.

“Os 15 dias foram prorrogados, por isso temos que estar preparados para encarar esta nova realidade”, adiantou o treinador. Gi fez saber que quando o campeonato retomar vai procurar atingir a forma, de modo a melhorar a posição na tabela classificativa.

Para o técnico do Vila Clotilde, Ricardo Rodrigues, os atletas continuam a fazer trabalhos específicos para não perderem a forma desportiva. O treino é específico para os atletas não ficarem parados em casa, enquanto decorre a segunda fase da quarentena em Angola.

leave a reply