Ministro de Estado pede atenção especial aos veteranos da pátria

O ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, general Pedro Sebastião, afirmo, ontem, em Luanda, que os antigos combatentes e veteranos da pátria devem merecer atenção especial na resolução dos seus problemas

 

Ao falar na cerimónia de apresentação do novo titular da pasta da Defesa Nacional e dos Veteranos da Pátria, general na reforma João Ernesto dos Santos, o ministro de Estado salientou que ao antigo Ministério da Defesa foi acrescentado a componente dos veteranos da Pátria, por serem “duas faces da mesma moeda”. “Fusão que esperamos e a exemplo do que acontece noutras latitudes, representa não apenas a poupança de recursos, mas sobretudo maior conhecimento e rapidez na resolução dos problemas por que passam uma parte importante de antigos companheiros nossos, menos jovens hoje, ou que por outras razões não estão no activo”, frisou.

Acrescentou ser um imperativo moral que aqueles que ontem emprestaram toda a sua juventude em prol da Independência Nacional ou da sua consolidação, mereçam e recebam hoje o devido respeito e atenção. “O senhor general na reforma João Ernesto dos Santos “Liberdade”, com uma longa e exemplar folha de serviço nas forças armadas, não é alguém desconhecido para nós. Vimo-lo na antiga Frente Leste, depois numa Academia Militar na Antiga União Soviética, na Frente Centro ou aqui, em Luanda, no antigo Regimento Presidencial. É, portanto, alguém profundamente comprometido e conhecedor da actividade castrense nas suas variadas componentes”, explicou. Com João Ernesto dos Santos, disse, estarão três secretários de Estado, igualmente conhecidos e que dispensam apresentação e comentários – o almirante José Maria de Lima, o general Afonso Carlos Neto e o tenente-general Domingos André Tchikanha. “

A eles, só podemos desejar felicidades e sucessos, e que os propósitos que levaram às suas nomeações sejam efectivamente atingidos”, expressou. Quanto ao ministro cessante, no caso o general Salviano de Jesus Sequeira “Kianda”, Pedro Sebastião reconheceu a sua entrega no cumprimento do seu dever. No acto, que decorreu nas instalações do ministério, também presenciado pelo Chefe do Estado Maior Geral das Forças Armadas, General de Exército Egídio de Sousa Santos, o novo titular comprometeu-se a dar continuidade ao programa de reorganização das Forças Armadas Angolanas (FAA), formação e aperfeiçoamento de quadros a todos os níveis e dar uma atenção especial aos antigos combatentes e veteranos da pátria. Disse que vai trabalhar também na modernização dos serviços de inteligência militar, para evolução tecnológica, para prevenção e combate ao terrorismo.

O Presidente da República, João Lourenço, remodelou, a 06 deste mês de Abril, o Governo, que passa a contar com 21 departamentos ministeriais, contra os anteriores 28. Além do titular, foram também nomeados secretário de Estado para a Defesa Nacional, José Maria de Lima, para a Indústria Militar, Afonso Carlos Neto, e para os Veteranos da Pátria, Domingos André Tchikanha. No novo figurino do Governo, foram fundidos os ministérios da Defesa Nacional e dos Antigos Combatentes, da Cultura e da Hotelaria e Turismo. Foram, igualmente, fundidos o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação com o Ministério da Comunicação Social, o Ministério da Agricultura com o das Pescas, e o Ministério do Comércio com o da Indústria. Fundem-se ainda os ministérios das Obras Públicas e do Ordenamento do Território.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!