O editorial:Agora é trabalhar, senhores

Tomada que está a posse e recebidas as pastas, os ministros novos, com ministérios com múltiplas faces, têm agora o “silêncio” do novo Coronavírus para começar a trabalhar, o que não signifi ca trabalho ligeiro. Entram recebendo dossiers importantes, alguns em execução e outros parados. Entram em época de crise económica, com o Orçamento de Estado a ser revisto, com pouco dinheiro e com muitas opções por fazer, obrigatórias. O tipo de relacionamento que construírem com os secretários de Estado será fundamental, já que alguns deles comandavam os dossiers há bem pouco tempo, têm domínio dos assuntos e a sua acção pode ser determinante para o sucesso dos novos ministros. Mas não apenas estes, há um péssimo hábito de novos ministros ostracizarem os técnicos nas instituições, o problema é que são eles quem, de facto, determina a sorte de cada ministro. A cada um deles os votos de sucesso.

error: Content is protected !!