Unitel e parceiros doam bens para 27 lares de acolhimento

Três mil e 400 pessoas que se encontram alojadas em 27 lares de acolhimentos localizados em Luanda, Malange e Cuanza-Norte vão beneficiar de mais de 22 toneladas de produtos diversos doados pela Unitel e os seus parceiros à Cruz Vermelha de Angola, em representação do Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU). Os produtos serão distribuídos a 17 lares localizados em Luanda, oito em Malange e dois no Cuanza- Norte. “Visa colmatar a necessidade de bens alimentares e outros bens essenciais por parte das populações mais carenciadas durante o estado de emergência decretado pelo Governo, devido à pandemia Covid-19”, lêse numa nota de imprensa a que OPAÍS teve acesso.

Diz que foram entregues 22 toneladas de fuba de milho, 2 mil litros de leite, 5 toneladas de leite em pó, 400 kits de bens alimentares diversos, 300 kits de limpeza, 200 litros de detergente e 200 litros de desinfectante. Para conseguir a quantidade de bens acima referidos, a companhia telefónica contou com o apoio das empresas Unicanda, Lactiangol, Prometheus, Aquaoceanus e da Nestlé, que se juntaram à iniciativa em solidariedade com as crianças. O apoio prestado pela UNITEL e parceiros enquadra-se nas estratégias de responsabilidade corporativa das citadas empresas e é direccionado aos lares de acolhimento onde a UNITEL tem desenvolvido várias iniciativas nas áreas da saúde, educação e cultura.

“Queremos assegurar um apoio contínuo e sustentável à estas instituições para que as crianças permaneçam nos lares de forma segura e não tenham necessidade de procurar alimentos e outros bens no seu dia a dia,” frisou Eunice de Carvalho, diretora- geral adjunta para Assuntos Corporativos da UNITEL. “Agradecemos as contribuições dos nossos parceiros, que acederam sem hesitação ao nosso convite, e encorajamos outras entidades corporativas a juntarem- se aos esforços do Governo no sentido de apoiarmos as nossas comunidades,” concluiu Eunice de Carvalho.

Já a vice-presidente da Cruz Vermelha de Angola, Bibiana de Almeida, enalteceu o gesto da empresa de telefonia e garantiu fazer chegar os bens aos lares nos próximos dias. Bibiana de Almeida pediu a colaboração das empresas de transporte para o efeito. “A entrega destes bens demostra um gesto nobre, visível e o quanto todos nós devemos estar juntos para o combate a esta pandemia que assola o mundo. As famílias estão em casa e aqueles que estão nos lares de acolhimento, certamente não devem ser esquecidos. frisou. Esta não foi a única doação que a empresa fez essa semana. Na Terça e Quinta-feira, a Unitel doou 24 lavatórios a 12 lares de acolhimento em Luanda, com o propósito de promover a higienização correcta das mãos. A iniciativa contou com a parceria da Ghassist e das organizações não-governamentais PMI Angola e PSI Angola

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!