Banco Atlântico recebe USd 40 milhões do BAd para apoiar pequenas e médias empresas

O Banco Millennium Atlântico tem à sua disposição um financiamento no valor de USd 40 milhões, cedido pelo Banco Africano de desenvolvimento, para apoio às pequenas e médias empresas nacionais, designadamente nas áreas agrícola e agro-indústria

De acordo com uma nota, este financiamento é composto por uma linha de crédito no valor de USD 32 milhões do Banco Africano de Desenvolvimento e uma linha adicional disponibilizada pelo África Growing Together Fund (AGTF), um fundo de cofinanciamento patrocinado pelo Banco Popular da China e administrado pelo BAD. De acordo com o mesmo documento, focado no apoio às pequenas e médias empresas, este financiamento tem como objectivo principal contribuir para a diversificação da economia, estimular a produção nacional, criar empregos, e contribuir para a dinamização das economias locais. “A sua atribuição neste período conturbado, em que a economia mundial enfrenta múltiplos desafios, irá contribuir”, acredita a administração do referido banco, “para mantermos a aposta na diversificação da economia, algo debque Angola precisa cada vez mais, para o reforço da capacidade das empresas e dos empresários angolanos, para que mantenham activas as suas produções e, com isso, gerem resultados para toda a cadeia económica”.

A nota salienta que a inclusão social e a sustentabilidade generalizada das famílias angolanas é, igualmente, outro dos objectivos deste financiamento, uma vez que as pequenas e médias empresas agregam valor imediato para um número significativo de famílias angolanas. Acresce que este novo financiamento, agora fechado entre o Atlântico e o BAD, “evidencia o trabalho desenvolvido pelos players do mercado bancário angolano e pelo seu regulador com vista ao robustecimento e maior credibilização externa da sua actividade”. “Este é mais um projecto bemsucedido em que o Atlântico se empenhou e se envolveu com convicção, já que a nossa vocação e o nosso interesse maior é o de podermos contribuir activamente para a dinamização da economia e dos agentes que a fazem acontecer. Aguardamos agora pelo interesse dos empresários e pelos projectos que tenham para nos apresentar, para em conjunto podermos apresentar bons resultados à sociedade”, sublinha a administração do Banco Millennium Atlântico. Recorde-se que o Banco Africano de Desenvolvimento foi criado em 1964. Trata-se de uma instituição financeira multilateral que se dedica a promover o desenvolvimento económico e social sustentável e a redução da pobreza nos países membros regionais (PMR), em África. Esta instituição propõe-se atingir os seus objectivos mediante a mobilização e afectação de recursos para investimentos em PMR, e a prestação de consultoria política e assistência técnica a fim de apoiar os esforços de desenvolvimento dos referidos países.

leave a reply