Gustavo da Conceição pede mais união

O presidente da comissão de gestão da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Gustavo da Conceição, pediu mais união na família da bola ao cesto

Por:Sebastião Félix

O responsável disse que é importante deixar a vaidade de lado e manter o farol da humildade acima de todos os problemas que a modalidade vive. Em declarações à imprensa, o antigo internacional angolano referiu que o basquetebol angolano deve regressar ao pedestal em que sempre esteve. Gustavo da Conceição fez saber que Angola tem história, por isso não se deve manter a modalidade nas condições em que se encontra actualmente. Posto isto, o presidente da comissão de gestão da FAB disse que o mais importante é afastar as questões pessoais em nome do que é podrsitivo. “No passado também tivemos problemas entre grandes figuras do basquetebol angolano, mas, sempre tiveram união para aquilo que eram os resultados de Angola”, admitiu o responsável. No órgão que rege a modalidade no país, Gustavo da Conceição substitui, na comissão de gestão, Hélder Cruz “Maneda”, presidente que pediu demissão por várias razões. No seu mandato, Maneda deixou o barco e um passivo com o selecionador nacional, William Voigt, de 500 mil dólares norte-americanos. Pela demora, o seleccionador americano abriu uma queixa nas instâncias jurídicas, isto é, no Tribunal Arbitral do Desporto há uns meses.

error: Content is protected !!