Banco nacional prepara “mobile Money”

O Banco Nacional de Angola (BNA) prepara a implementação do “mobile money”, um Sistema de Transferências Móveis e Instantâneas (STMI) com o qual pretende alargar a inclusão financeira no país

A informação consta num aviso público do BNA, sublinhando que o sistema usado com resultados animadores em várias economias emergentes e, sobretudo, em África, deverá estar disponível em todo o território nacional, sem adiantar datas. Com o foco nessa aposta, o BNA abriu, a 24 do mês em curso, o “Request for Information (RFI)”, a fim de receber propostas que culminarão com a escolha do operador tecnológico do STMI. Segundo o documento a que a imprensa teve acesso, o operador tecnológico será responsável pela gestão e a operacionalidade da câmara de compensação e da plataforma de interoperabilidade (Switch).

Após esse processo, a empresa seleccionada deverá fornecer uma infra-estrutura centralizada de compensação e de Switch. A ideia dessa infra-estrutura é assegurar a interoperabilidade para as transferências móveis e instantâneas entre os participantes do STMI, designada por “Entidade Integradora”, que funcionará como operador tecnológico. O BNA alerta que as empresas interessadas devem responder ao “Request for Information” até 10 de Junho de 2020. O aumento da inclusão financeira é uma das acções prioritárias do Plano Estratégico do BNA, denominado N’zimbu.

Exploração ilegal de minerais deve ser desencorajada

O Ministério dos Recursos Minerais, Petróleos e Gás desencorajou, ontem, Segunda-feira, 27, a exploração ilegal de recursos minerais no país e incentivou os angolanos a denunciarem essas práticas. Numa nota, por ocasião do Dia Nacional do Trabalhador Mineiro, que foi comemorado ontem, a instituição refere que as denúncias devem ser feitas às autoridades competentes, sublinhando que a exploração ilegal de recursos minerais prejudica a saúde das pessoas, o ambiente e a economia. No documento, o ministério encoraja os mineiros angolanos a continuarem a contribuir para a diversificação e o crescimento da economia nacional.

Relativamente à Covid-19, que assola o mundo, o departamento ministerial exorta os mineiros do país “a observarem, escrupulosamente, as medidas de prevenção e segurança, em casa e no trabalho, no caso dos que prestam os serviços mínimos”. O Dia Nacional do Trabalhador Mineiro foi instituído pela Resolução n° 6/85 de 15 de Abril, do então Conselho de Defesa e Segurança, em reconhecimento do papel dos trabalhadores do sector na transformação do potencial mineiro angolano em riqueza real. Antes, em 1979, igualmente a 27 de Abril, o Estado angolano aprovou a Lei n° 5/79, Lei de Bases das Actividades Geológicas e Mineiras

error: Content is protected !!