Crianças poderiam transmitir menos o Coronavírus que os adultos, adiantam cientistas

Quando se fala em muitos países sobre a reabertura das escolas, novo estudo sugere que as crianças transmitem menos o novo Coronavírus do que os adultos. O estudo é da autoria de cientistas do Centro Nacional de Pesquisa e Vigilância Imunitária da Austrália (NCIRS, na sigla em inglês) e foi divulgado a 26 de Abril. Num contexto que aponta para um desconfinamento progressivo, vários países estão a preparar-se para reabrir as escolas, facto que tem preocupado as comunidades escolares e famílias.

Este estudo, contudo, é bastante tranquilizador a esse respeito, ao concluir que a circulação do novo Coronavírus nas escolas seria limitada e que as crianças representam um baixo risco de transmissão do SARS-CoV-2. Uma conclusão importante agora que as escolas se preparam para reabrir as portas após o confinamento. “As conclusões desta investigação detalhada são preliminares. No entanto, elas sugerem que a disseminação do SARS-CoV-2 nas escolas da Nova Gales do Sul foi muito limitada”, conclui o estudo. O objectivo principal foi o de determinar se as nove crianças e nove adultos doentes de 15 escolas diferentes no estado australiano da Nova Gales do Sul tinham contaminado outros estudantes ou professores com os quais tivessem estado em contacto próximo. Segundo os resultados preliminares, dos 735 alunos e 128 adultos das referidas 15 escolas, apenas um aluno do ensino fundamental e outro do ensino médio contraíram a Covid-19, não tendo havido casos entre os professores e funcionários.

O estudo conclui assim que as crianças teriam uma taxa de transmissão do vírus menor do que os adultos e vai de encontro à opinião de Robert Cohen, especialista francês em doenças infecciosas, que, em declarações ao Le Journal du Dimanche, afirmou que as crianças, “quando estão infectadas, carregam menos o vírus e o transmitem menos”. Vale recordar que no Brasil não há datas para a reabertura das escolas das redes municipais, estatais e federais. A 27 de Abril, o Governo português confirmou a reabertura das aulas a 18 de Maio para os dois últimos graus do ensino médio, mas, somente para as disciplinas que contam para entrar na faculdade. Os restantes graus de ensino continuarão a ser leccionados somente pela televisão e Internet.

error: Content is protected !!