Vacina testada em macacos mostra eficácia ao longo de quatro semanas

Cientistas do Rocky Mountain Laboratory conseguiram resultados comprovados em seis macacos a quem foi administrada a vacina.

Cientistas do Rocky Mountain Laboratory, em Montana, nos Estados Unidos, desenvolveram o que se pensa poder ser a primeira vacina eficaz no combate contra o novo coronavírus. De acordo com o noticiado pelo New York Times, os investigadores já terão administrado a vacina que estão a desenvolver em seis macacos com resultados bastante positivos.

Segundo o avançado, os animais, que adoeceram sempre que expostos a esta doença, foram então expostos a grandes quantidades do vírus, mas mais de 28 dias depois, todos os seis, mantiveram-se saudáveis, afirmou Vincent Munster, investigador que conduziu o teste.

O investigador explica ainda que este tipo de macacos é o mais próximo com os humanos. “O macaco rhesus é a coisa mais próxima que temos dos seres humanos”, disse Munster, citado pelo New York Times.

Os resultados preliminares deverão começar a ser partilhados com a comunidade científica durante a próxima semana, isto num momento em que em várias partes do globo estão a ser testados diferentes tratamentos, já com vacinas experimentais a ser produzidas em massa e com testes clínicos a decorrerem em humanos.

Fonte: MSN

error: Content is protected !!