Sete recuperados e 18 com sintomas leves da Covid-19

Angola não registou qualquer caso novo de Covid-19 nas últimas 24 horas. Entretanto, subiu para sete o número de recuperados, mantendo assim, os 27 casos infectados, dos quais dois resultaram em óbito, revelou, ontem, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda

Por:Maria Teixeira

O estado clínico dos 18 cidadãos infectados pelo noco Coronavírus, causador da Covid-19, que se encontram a receber assistência médica nos hospitais de referência, está estável e eles apresentam sintomas leves, de acordo com o governante. Franco Mufinda fez tal revelação no habitual balanço de dados sobre a pandemia que decorre diariamente no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, com vista a esclarecer a evolução da doença no país. Sobre as análises clínicas de casos suspeitos e não só, explicou que o Instituto Nacional de Investigação em Saúde desde a colheita da primeira amostra até a presente data examinou 2.312 amostras colhidas, das quais 27 são positivas, 2.002 negativas e 283 encontramse em processamento. Por outro lado, esclareceu que estão em quarentena institucional 708 pessoas e há 404 pessoas que fazem parte do grupo de casos suspeitos. Já o número de contactos directos e ocasionais seguidos até ao momento é de 955 pessoas.

Franco Mufinda fez saber que a província do Bengo realizou, ontem, actividade de sensibilização sobre a Covid-19, no município de Pango Aluquém, seguindo-se a desinfecção da Administração Municipal, do hospital municipal e do centro de saúde local. Já no centro litoral do país, na província de Benguela, fez-se pulverização no município de Chongoroi e a capacitação de técnicos do laboratório em matéria de biologia molecular no município de Benguela. No Cuanza-Sul houve a desinfecção dos ATM no município do Sumbe. No Cunene também foram desenvolvidas acções com vista ao combate à expansão e prevenção desta pandemia. Fez-se sensibilização no município do Curoca e a capacitação de técnicos sobre as medidas de biossegurança. O Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou, nas últimas 24 horas, dois alertas de casos suspeitos que foram investigados e descartados por não reunirem os pressupostos de casos suspeitos de Covid-19.

error: Content is protected !!