Comunidade chinesa “socorre” Minint na prevenção da Covid-19

A comunidade chinesa em Angola procedeu ontem, em Luanda, à doação de diversos meios de prevenção da pandemia da Covid-19 ao Ministério do Interior (Minint)

Testemunharam a entrega oficial dos materiais de uso essencial pelas forças de defesa e segurança o titular da pasta do Interior, Eugénio Laborinho, e o embaixador extraordinário e plenipotenciário da República Popular da China, Gong Tao. O vice-presidente da CITIC, Du Sun, uma das empresas doadoras, declarou que a entrega dos meios é uma clara demonstração da solidariedade do povo chinês, particularmente numa altura em que o mundo, no geral, se debate com problemas resultantes da pandemia da Covid-19.

Eugénio Laborinho, por seu turno, descreveu o momento como de particular importância. Disse que as relações entre os dois países são muito boas e devem servir para resolver problemas concretos dos dois povos. Justificou a sua presença nesta singela cerimónia como sendo “para testemunhar o acto de entrega de diversos bens ofertados ao Ministério do Interior pela comunidade chinesa que reside e trabalha em Angola”. Acrescentou de seguida que, “como se sabe, a República de Angola e a República Popular da China são dois países amigos que mantêm profícuas relações de amizade e de cooperação em vários domínios, incluindo o da segurança pública”.

Declarou ainda que os órgãos do seu pelouro têm mantido uma excelente relação como a aludida comunidade, sobretudo, pela colaboração que lhes vem prestando na resolução de vários assuntos. Disse que, para o feito, têm realizado periodicamente encontros. “Expressamos o nosso agradecimento à embaixada e à comunidade chinesa em Angola por este nobre gesto de ofertar ao Ministério do Interior diversos bens”, concluiu. A doação é constituída por diversos bens de primeira necessidade, nomeadamente, arroz, farinha, fuba de milho, óleo alimentar, máscara de biossegurança, sabão, álcool-gel e spray manual. Fazem ainda parte da doação moto-cisternas para efeitos de transportação de água a zonas de difícil acesso e não só. Os meios foram entregues ao Minint no âmbito da luta contra a pandemia da Covid-19 que assola o mundo, no geral, e Angola em particular.

error: Content is protected !!