Carta do leitor:A Mobilização pública sobre Covid-19 deveria ser mais extensiva

Os meus melhores cumprimentos a equipa deste jornal e leitores no geral. Cada dia que passa, o país, e em particular a cidade de Luanda, vai entrando em estado de desespero face ao evoluir da situação do Covid-19 e ao comportamento de alguns citadinos no não cumprimento íntegro das medidas de prevenção. Se por um lado os órgãos de segurança começaram a passar a pente-fino, actuando no sentido de que haja melhor controlo da situação da mobilidade dos munícipes, aqui dizer que a sua intervenção, na verdade, tem de ser mesmo coerciva do ponto de vista prático, uma vez existir ignorância e argumentos subjectivos dos cidadãos quando surpreendidos a violar as medidas de prevenção. Por outro lado, há toda a necessidade de se apostar em estratégias de comunicação mais próximas dos bairros. Acho que a mensagem sobre as medidas de prevenção, apesar dos meios de comunicação social (Rádio, Televisão e outros), o fazerem, outros meios precisam de ser colocados nas ruas, e bairros. Refiro-me, pois, à necessidade do uso de viaturas com aparelhos de som, como aqueles que nos tempos passados produziam publicidade da promoção de venda de bens e serviços, que anunciavam eventos culturais, e de actividades religiosas, etc. Penso que isso poderá reforçar a mobilização social das famílias sobre a pandemia. Dada a gravidade do momento, todos os meios para fazer chegar a informação revelam-se poucos. Fiquemos em casa.

 

                                                                                                                Lemos Ganga Luanda

error: Content is protected !!