Apple Music convida Paulo Flores para homenagear Clássicos africanos

Paulo Flores faz parte da exclusiva lista de artistas africanos convidados para fazer a curadoria de uma playlist (lista de reprodução) para o aplicativo Apple Music, para assinalar o Mês de Africa O artista angolano Paulo Flores consta da campanha “Africa Month”, lançada ontem, 1 de Maio, pela Apple Music e que vai durar um mês, onde também estarão em destaque as melhores listas de reprodução, artistas e álbuns dos quatro cantos de África.

Esta campanha, de acordo com o Platinaline, surge na sequência do anúncio da semana passada sobre a expansão da Apple Music para outros 52 países ao redor do mundo, elevando o número total de países da África Subsaariana para 33. No mês de África, a Apple Music decidiu fazer 15 playlists (listas de reprodução no aplicativo Apple Music) com curadoria de alguns dos melhores artistas do continente, bem como uma lista de reprodução com as maiores músicas africanas de todos os tempos. A Playlist de Paulo Flores estará disponível durante 1 mês, e vai incluir músicas de artistas como Franco, Tubarões, Carlitos Vieira Dias e André Mingas.

“Estas músicas fazem parte do meu ADN, foram e são estas músicas que fizeram parte da minha infância, adolescência e acompanham-me até hoje. Estas músicas são parte importante da banda sonora da minha vida”, disse Paulo Flores. Vale referir que Paulo Flores (Cazenga, Luanda, 1 de Julho de 1972) é um dos cantores mais populares de Angola. Mudou- se para Lisboa durante sua infância. Começou como cantor de kizomba, lançou o seu primeiro álbum em 1988. As suas canções tratam temas diversos como o governo, a vida quotidiana dos angolanos, a guerra civil e corrupção.

error: Content is protected !!