Covid-19: De 959 contactos directos rastreados, 51 estão em quarentena institucional

Depois de uma subida de 16,7% na taxa de contágios por Covid-19 ocorrida ontem, nas últimas 24 horas, de acordo com as autoridades sanitárias, não houve evolução nas estatísticas, mantendo-se 35 casos, com 22 desses activos

O Secretário de Estado para a Saúde Pública anunciou na noite de hoje que um trabalho comunitário entrará em acção, para que se averigúe, junto de várias localidades, a possível propagação do Covid-19, que regista até ao momento 27 casos importados diagnosticados e 8 contágios locais.
O objectivo dos trabalhos de campo será saber até que ponto os 959 contactos directos associados aos pacientes “número 26 e número 31”, poderão ou não ter ter gerado a transmissão comunitária da doença em Angola.
A pandemia do novo Coronavírus já infectou 35 pessoas no país, tendo sido ontem conhecidos mais 5 casos positivos. Contudo, no dia de hoje, Domingo, 3 de Maio, não se alterou o quadro, informou há pouco Franco Mufinda.
Assim, há 886 pessoas em quarentena institucional, espalhadas pelo território nacional, conhecendo-se 412 casos suspeitos. Hoje, 29 altas médicas ocorreram em Cabinda e Zaire, passadas a cidadãos anteriormente sob vigilância, em quarentena.
Em laboratório, aguardam resultados, estando em processamento, 901 análises, colhidas de casos suspeitos.
error: Content is protected !!