Covid-19: Médicos cubanos “liberados” para distribuição pelo país

Enquanto que em África já se registam 52.036 casos positivos de Covid-19, com 2.018 mortes, segundo dados actuais da Universidade John Hopkins, em Angola, nas últimas 24 h, não houve diagnóstico de nenhum caso novo da pandemia, havendo os mesmos 36 detectados, informou há instantes Franco Mufinda

Terminaram hoje os testes feitos ao grupo de 237 médicos que vieram de Cuba para reforçar o combate ao novo Coronavírus em Angola.
Exceptuando-se a médica que foi diagnosticada há cerca de duas semanas, os demais resultados foram negativos.
Assim, hoje, Quinta-feira, 7 de Maio de 2020, 53 profissionais de saúde cubanos foram distribuídos pela Huíla, Namibe, Bié e Moxico. Amanhã, os demais médicos estrangeiros seguirão para o Bengo, Benguela, Cabinda, Cuando Cubango, Cuanza-Norte e Sul, Lunda-Norte e Sul, Malanje, Uíge e Zaire.
No continente africano, até ao início da noite de hoje, a Argélia liderava o ranking das mortes, com 476 pessoas perecidas, dentre os 4.997 casos positivos de Covid-19.
A África-do-Sul, está na frente em termos de casos, 7.808, destes 4.502 estão activos, e houve 153 mortes. Enquanto que, no Egipto, 7.588 casos são conhecidos, resultando em 469 mortes.
error: Content is protected !!