Huíla colhe mais de 209 mil toneladas de cereais

Duzentas e nove mil e 926 toneladas de cereais (milho, massango e massambala) estão a ser colhidas na província da Huíla, por associações de camponeses, no quadro da primeira época da campanha agrícola 2019/2020

O total da colheita (209 mil 926 toneladas de cereais) representa um aumento na ordem de 24 mil toneladas, se for comparado a igual período anterior. A colheita, que envolve 314 mil e 604 famílias camponesas inseridas em 835 associações, começou há duas semanas e envolve uma área de 605 mil hectares. Segundo a Angop, a directora do gabinete provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas, Mariana Soma, afirmou que o aumento da produção se deve à regularidade das chuvas, principalmente nos municípios do Lubango, Caluquembe, Caconda e Chicomba.

Até ao final do mês de Maio devem ser colhidas 25 mil toneladas de massango e 20 mil de massambala, bem como mil toneladas de hortícolas e três mil de tubérculos, alcançando 90 por cento de aproveitamento da previsão inicial. Quanto à produção de hortícolas (repolho e cebola), sublinhou que poderá registar uma quebra nos municípios da Humpata, Chibia e Matala, por terem recebido pouca quantidade de fertilizantes.

Para o sucesso da campanha os agricultores receberam 6 mil unidades de charruas, enxadas, catanas, machados e outros instrumentos de trabalho, bem como 2.700 toneladas de adubos 12-24-12, 90 toneladas de sementes de milho e 1.300 de calcário dolomítico para a correcção de solos, em benefício de 210 mil famílias.

error: Content is protected !!