Colisão de camiões resulta em morte na Huíla

Um camião atrelado carregado de garrafas de gás butano colidiu com outro de carga, na tarde de Segunda-feira, no bairro da Eywa, imediações do Aeroporto Internacional da Mukanka, provocando a morte de um dos ocupantes

O acidente, cujas explosões causaram pânico em parte da cidade do Lubango, capital da Huíla, aconteceu na avenida Lúcio Lara, no trajecto que liga a estrada do aeroporto à nacional 105, por volta das 15 horas e 16 minutos.

O porta-voz dos serviços de bombeiros, Inocêncio Hungulo, informou, ontem, Terça-feira, à Angop que o incêndio foi extinto 43 minutos depois.

Explicou que as viaturas ficaram destruídas, sendo uma de marca Shacman, que transportava um contentor com 924 botijas de gás de cozinha, que seguia para os municípios de Caluquembe e Caconda, cujo motorista ficou ferido e recebe assistência hospitalar.

A segunda viatura, de marca Volvo, que fazia o sentido Eywa/cidade), tinha dois ocupantes, um deles morreu carbonizado.

Inocêncio Hungulo informou que os prejuízos materiais estão ainda por avaliar, mas que o desastre interrompeu a circulação na via, que deve somente ser aberta hoje.

Por ser uma via com muitas curvas e inclinações, a avenida Lúcio Lara, inaugurada em 2017, tem servido de opção para as viaturas que chegam da fronteira Sul de Angola com destino a outras províncias, evitando o centro da cidade do Lubango.

error: Content is protected !!