São Salvador e Baixa de Cassanje “espreitam” Girabola 2020/2021

O São Salvador do Zaire respondeu, ontem, positivamente à solicitação da Federação Angolana de Futebol (FAF) para ocupar a vaga do 1º de Maio de Benguela, despromovido do Girabola 2019/2020 de forma administrativa, no próximo Campeonato Nacional

Segundo o secretário-geral do clube, o processo ficou concluído ontem, pois constam todas exigências feitas pela direcção técnica do órgão reitor da modalidade, como a parte logística e a financeira. “Apesar de algumas empresas que durante a Segundona, Campeonato Nacional de futebol da segunda divisão, ainda não terem dado a resposta que pretendemos”.

Antes do Nacional ser interrompido, o São Salvador do Zaire comandava o grupo A, com oito pontos na tabela classificativa.

Por sua vez, o secretário-geral da Baixa de Cassanje de Malanje, Filémon Baca, garantiu que a equipa das terras da Palanca Negra Gigante vai responder nas primeiras horas de hoje ao convite da FAF.

Filémon Baca disse que receberam tarde a notificação da FAF, mas que a documentação será enviada hoje, tendo acrescentado que os patrocinadores estão a favor de que o clube possa disputar a próxima maior prova do calendário da federação.

O presidente do Conselho de Disciplina da federação, José Carlos, disse à imprensa que o 1º de Maio ficou sem oportunidade de jogar no próximo Girabola.

“Os actos administrativos não são anulados. Não sendo anulados, não há como o 1º de Maio vir para a competição na próxima temporada. Está completamente fora de hipótese”, declarou.

Por esta razão, procuramos contactar a direcção da equipa da cidades das Acácias Rubras, mas não tivemos sucesso.

error: Content is protected !!