FANA refaz programação

A Federação Angolana de Natação (FANA), ter visto o Africano adiado devido à Covid-19, vai refazer o programa para os desafios dos próximos meses.

A presidente da FANA, Ana Lima, fez saber que a prova que decorreria na África do Sul vai obrigar os atletas a trabalharem muito.

Assim, os treinos dentro e fora do país serão feitos com base num programa para os atletas não baixarem de forma desportiva.

“Estamos cientes de que o mundo vive uma pandemia, logo é importante adaptar-se aos novos ventos”, adiantou a responsável.

Ana Lima referiu que os atletas angolanos, no início do ano, estavam com níveis competitivos acima da média por força dos treinos e participações em torneios.

Por esta razão, quando passar esta fase vão regressar aos trabalhos recuperar a forma desportiva, pois está em causa a conquista de medalhas na prova africana.

leave a reply