Mais de 100 moradores do Cassenda aguardam por resultados de exame de Covid-19

Mais de 100 moradores do bairro Cassenda, distrito urbano da Maianga, em Luanda, residentes na zona onde foi instalada uma cerca sanitária, aguardam pelos resultados do exame de Covid-19 feito ontem. O país continua com 45 casos positivos, dos quais dois óbitos e 14 recuperados. Não há registo de novos casos nas últimas 78 horas

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, revelou, ontem, em Luanda, que se fez a colheita de amostras destes indivíduos por integrarem o grupo de suspeitos de serem portadores do vírus SARSCoV- 2.

O bairro Cassenda está sujeito a uma cerca sanitária, desde o dia 5 do corrente mês, devido ao surgimento de novos casos de Covid- 19 originados por contactos mantidos com um dos pacientes, catalogado como “Caso 26”.

Este individuo é apontado como sendo a fonte dos primeiros casos de transmissão local, tendo ocorrido não só no Cassenda, assim como no Futungo.

Franco Mufinda anunciou que seguir-se-á com a colheita de amostras dos mais de 300 ocupantes das residências que estão dentro do perímetro onde foi instaurada uma cerca sanitária no bairro Futungo, município de Talatona.

Nesta mesma senda está também o bairro Hoji ya Henda, município de Cazenga, que por causa de um cidadão da Guiné Conacri conhecido como “Caso 31”, também está com cerca sanitária.

O governante, que falava ontem na habitual actualização dos dados da Covid-19 no país, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, garantiu que o país continua com os 18 casos de transmissão local, não tendo havido alteração nas últimas 24 horas.

“Sendo assim, mantemos os 45 casos positivos, dos quais dois óbitos, 14 recuperados e 28 activos clinicamente estáveis e internados nas nossas unidades sanitárias”, garantiu.

Em quarentena institucional encontram-se, em todo país, 803 pessoas. Uma redução em relação à Terça-feira, porque 41 pessoas receberam alta, das quais três na província de Luanda, 30 no Cunene, três em Cabinda e Uíge, e uma em Malanje e no Zaire respectivamente.

Os técnicos de laboratório empenhados nessa missão fizeram uma colheita de 5.978 amostras, das quais 45 casos foram positivos, 5.521 negativos e 412 encontram- se em processamento.

As equipas empenhadas nessa missão vão contar nos próximos dias com mais materiais de biossegurança. A Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 recebeu, na tarde de ontem, 10 toneladas de materiais de biossegurança doados pelo Fundo de Desenvolvimento do Qatar.

De acordo com Franco Mufinda, continuam a decorrer as acções de formação de técnicos, desinfecção de locais públicos, distribuição de materiais de biossegurança nas províncias, bem como as acções de sensibilização, que se resumem em informação, educação e comunicação à volta da Covid-19 no seio da comunidade.

O Centro Integrado de Segurança Pública recebeu 77 chamadas, das quais três foram alertas de casos suspeitos. Os mesmos foram seguidos em investigação e descartados por não reunirem os critérios de casos suspeitos de Covid-19.

Passageiros suspeitos devem levantar hoje resultado dos exames

O secretário de Estado para a Saúde Pública apelou mais uma vez à comparência dos passageiros dos voos da TAAG provenientes de Portugal que realizaram as suas colheitas para análise.

Trata-se dos passageiros dos voos dos dias 17, 18 e 19, de Lisboa, e do dia 21, do Porto, que devem comparecer hoje, a partir das 9 horas, no recinto da Escola Nacional de Saúde Pública para receberem os resultados das suas análises.

Franco Mufinda apelou ao uso da máscara em locais indicados, a lavagem com frequência das mãos com água e sabão, o distanciamento físico e a permanência das pessoas em casa, bem como o cumprimento das medidas contidas no Decreto Presidencial do Estado de Emergência.

De realçar que para prevenir a proliferação do novo Coronavírus e combater a Covid-19, Angola observa, desde as 00 horas do dia 11 e até 25 de Maio, um novo período de estado de emergência, de 15 dias, com limitação de direitos que se iniciou a 27 de Março.

error: Content is protected !!