Eventos Arena adia Feira de Benguela para Setembro

A Pandemia da Covid-19 é o principal motivo do adiamento da Feira Internacional de Benguela que se realiza todos os meses de Maio, desde 2011, como avançou o director-geral da Eventos Arena, Manuel Novais. A Projekta mantém a data inicial

Ao contrário dos anos anteriores, o director-geral da Eventos Arena, Manuel Novais, revelou ao OPAIS que “não temos condições para a realização da FIB este mês de Maio, pois estamos em estado de emergência, condição que vai durar até ao próximo dia 25”, lembrou, acrescentando que a organização dum evento como a FIB requer algum tempo de antecedência, descartando assim o corrente mês para reunir os empresários de Benguela e não só.

Manuel Novais aponta o mês de Setembro como o certo para a realização da exposição, mas sem precisar uma data, pois, segundo ele, “precisamos concertar com o governo de Benguela a melhor e possível data. Trata-se dum parceiro que tem uma palavra importante a dizer neste processo de organização da FIB”, reconheceu.

Entretanto, o alto responsável da Eventos Arena refere que mesmo confinados, e com equipas de trabalho repartidas na ordem de 50% da sua força têm estado a realizar um trabalho que vai permitir fazer alguma coisa ainda este ano. “Estamos confinados mas a trabalhar”.

Em risco de realização está também a feira de Malanje, cuja primeira edição foi realizada o ano passado. “Não sei se teremos condições de realizar a feira de Malanje. Vamos esperar pelo retorno do governo provincial”, disse.

Certeza é a realização da feira do Ambiente para o próximo ano. Inicialmente prevista para este ano, segundo Manuel Novais, questões organizativas relacionadas com a nova direcção do Ministério do Turismo, Ambiente e Cultura estão na base do adiamento.

Projekta em Novembro

Se umas feiras foram adiadas por força da pandemia que devasta a economia nacional e mundial, outras mantém o calendário inicial. É o caso, por exemplo, da Projekta, Feira Internacional de Equipamentos e Serviços para a Construção Civil, Obras Públicas, Urbanismo, Arquitectura e Decoração de Interiores e Imobiliário.

“Esta feira terá lugar, se não haver nenhuma alteração, no mês de Novembro, período em que sempre organizamos este certame”, assegurou, Manuel Novais.

error: Content is protected !!