Ponte amarela de Viana será reaberta dentro de 45 dias

A pedonal de 106 metros de cumprimento, instalada sobre a estação dos Caminhos de Ferro de Luanda(CFL) na vila de Viana, arredores de Luanda, que se encontra em reparação desde 18 de Março do ano em curso, será entregue ao dono da obra(Administração Municipal) dentro de 45 dias.
A informação foi prestada à imprensa pelo engenheiro Georges Luemba, responsável da obra, que avançou terem sido executados já 50 por cento dos trabalhos, que consistem em reparação de soldadura, reaperto e pintura.
Feita de estrutura metálica e com uma durabilidade de 50 anos, segundo Georges Luemba, os trabalhos estão a ser assegurados por 17 técnicos angolanos, que, apesar do estado de emergência, as obras decorrem a bom ritmo.
A execução da obra, enquadrada no âmbito da responsabilidade social da empresa Pipo-Angola, SA, está avaliada em 82 milhões de kwanzas.
A presença da imprensa serviu para desmentir informações que circulam nas redes sociais e que dão contam do abandono dos trabalhos por parte da empresa.
“ Nós estamos aqui para dar o nosso contributo com a reparação desta pedonal que é muito importante para a travessia das pessoas nos dois sentidos e em momento algum abandonamos os trabalhos”, disse.
Sendo a única travessia que dá acesso entre o bairro Kapalanga e a vila de Viana(vice-versa) e que se transpõe sem riscos de atropelamento, o empreiteiro pediu mais “um pouco de paciência” aos munícipes.
Com o encerramento da pedonal, a população tem estado a transpor do outro lado da estrada, com muito risco, pelo que pede ao empreiteiro para cumprir com o prazo de entrega.
Refira-se que aquando do empossamento do novo administrador de Viana, Fernando Eduardo Manuel, apontou como primeira prioridade, durante o seu mandato, o melhoramento das vias secundárias, terciárias e pedonais.
Segundo apurou O PAÍS, além desta pedonal, outras que se encontram em avançado estado de degradação, poderão ser também intervencionadas ainda este ano.

error: Content is protected !!